8.01.2014

Campanhas publicitárias que (quase) valem a pena

Hoje eu resolvi trazer uma coisa bem diferente, apesar de ser algo que eu procuro prestar atenção e manter na minha vida. A seguir estão algumas propagandas que me tocaram nos últimos tempos e algumas que eu achei enquanto assistia às primeiras. São propagandas principalmente da Pantene e da Dove (e pelamor isso aqui não é propaganda haha) que perceberam que as consumidoras dos seus produtos são mulheres reais, com pintas, sardas, donas de casa que trabalham, tem filhos, nem sempre são magras, assim como nem sempre são gordas, nem todas tem olhos claros ou são brancas. Enfim, trouxeram nas propagandas o quão importante é estar bem consigo mesma não só com quem você é, mas com a sua aparência. Porque a aparência é usada para vender tudo e acaba vendendo como a gente deve ser, nos afastando da nossa realidade. E é um post diferente porque dentro de mim eu tenho uma opinião bem formada contra as mídias que acham que as mulheres são todas fenomenalmente lindas e brancas e magras mas não consigo me exprimir muito bem quando o assunto é minha opinião.
Sem mais delongas, os vídeos:
























Antes de terminar, quero tentar explicar aquele ~quase~ ali em cima. É que apesar dessas campanhas serem incríveis, dá uma olhada nas mulheres usadas nas propagandas. Grande maioria branca e magra. Mas claro que valem a pena. Pra esse mundo em que a gente vive, isso é melhor que o nada. A gente só tem que espalhar a ideia pras pessoas se aceitarem.



E, pra terminar, um mini documentário, olha só:

© Napolitano como meu pé - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: Elane Medeiros - Isaú Vargas.
Tecnologia Blogger.
imagem-logo