1.02.2015

TAG - Oscar Literário - 2014


Ano passado, quer dizer, ano retrasado, algum ano aí, eu publiquei essa tag super bacana e falei pra mim mesma que todos os anos eu iria publicá-la e aqui estou eu pra cumprir. Lembrando que eu levei em consideração os livros lidos e não os lançados em 2014 e eu tentei ao máximo não repetir livro na lista. Ah! Pra quem quiser, a lista dos livros lidos está no final do post, assim como o link para a respectiva resenha se houver.
Sem mais delongas, as categorias e os ganhadores:

Melhor livro do ano: Grande Sertão: Veredas
Depois de um ano parado na estante e duas tentativas frustradas de leitura, finalmente li Grande Sertão e que história! Enredo e personagens muito bem construídos e a ambientação também é perfeita. A leitura é um pouco difícil mas no final vale muito a pena.

Melhor autor do ano: Inge Scholl (em A Rosa Branca)
Por trazer à tona a história dos irmãos seus amigos e mais que isso, por apoiá-los.

Melhor protagonista masculino: Winston (em 1984)
Winston é um personagem que pensa e questiona o mundo em que vive e se arrisca pra conseguir nem que seja o mínimo do que quer e do que acha ser justo. Por essa e outras, melhor protagonista masculino.

Melhor protagonista feminino: Cassie (em Garotas de vidro)
A Cassie tinha suas verdades e não aceitava nada que viesse de fora disso, mesmo sofrendo muito. Pela aceitação da mudança, Cassie.

Melhor personagem coadjuvante masculino: Septimus (em Mrs. Dalloway)
Septimus roubou a cena em Mrs. Dalloway. Não sei se outras pessoas se apegaram a ele tanto quanto eu, mas o final do livro pra mim, só significou tanto por estar ligado minimamente a ele.

Melhor personagem coadjuvante feminino: Maria-Regalada (em Memórias de um sargento de milícias)
Maria-Regalada era uma mulher que vivia na dela, quieta mas que quando foi chamada, não pensou duas vezes antes de ajudar e colocou o "herói" na linha. Por essa e outras, melhor coadjuvante feminino.

Melhor arte de capa: O convidado surpresa
Diferentemente do último Oscar literário, que nessa categoria foi eleito um livro com ilustração incrível, esse ano eu coloco O convidado surpresa que tem uma capa azul muito simples. O prêmio vai para a textura da capa que acaba imitando a embalagem de algum presente, o que é muito importante para a história.

Melhor ambiente/mundo criado: A espuma dos dias
Cortar as pálpebras para evitar que elas cresçam demais, deitar sobre a terra pras armas crescerem direito, fumar um livro pra absorver melhor a sua mensagem. Por um mundo completamente inovador sem deixar de ter a conexão com o nosso mundo, A espuma dos dias.

Melhor título do ano: O segredo (mas jura que não conta pra ninguém?)
Esse título é genial pra chamar atenção principalmente do público infanto-juvenil e ainda encaixa perfeitamente com as sutilezas da história.

Melhor final de livro: Grande Sertão: Veredas
A surpresa que invade o leitor no final desse livro é de perder as estribeiras. Simplesmente fantástico.




Lista dos livros lidos

1984 - A casa de Hades - A culpa é das estrelas - A droga amizade - A droga da obediência

A droga do amor - A esperança - A espuma dos dias - A importância do ato de ler - A rosa branca

A serra dos dois meninos - Alice no país das maravilhas - Anjo da morte - As loucas aventuras do Barão de Munchausen - As minas do Rei Salomão

Bullying - Cidades de papel - Como falar dragonês - Como mudar uma história de dragão - Como ser um pirata

Como quebrar a maldição de dragão - Cyrano de Bergerac - Dom Quixote das crianças - Droga de americana! - Eugenia Grandet

Extraordinário - Garotas de vidro - Grande sertão: veredas - Here, there and everywhere - Histórias extraordinárias

Il piccolo principe - Justino, o retirante - Lady Barberina/A outra volta do parafuso - Literatura comentada (Ziraldo) - Memórias de um sargento de milícias

Mrs. Dalloway - Muitas vozes - O ateneu - O convidado surpresa - O menino no espelho

O mistério do cinco estrelas - O rapto do garoto de ouro - O segredo (mas jura que não conta pra ninguém?) - O sol também se levanta - Música para cortar os pulsos

Otelo (e outras peças) - Pântano de sangue - Para viver um grande amor - Pequeno coração - Peter Pan

Pollyanna - Sete faces do crime - Suave é a noite - Tarzan - Tonico e Carniça

Um cadáver ouve rádio - Vinte mil léguas submarinas
© Napolitano como meu pé - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: Elane Medeiros - Isaú Vargas.
Tecnologia Blogger.
imagem-logo