3.07.2016

Lendo Alencar | Til

A leitura de Til é irritante. O livro começa parecidíssimo com Iracema, com muitas descrições, muitos personagens e muita tentativa de suspense.



Mas quando você pega o jeito de saber quem é quem na história, você passa a relevar os suspenses que o Alencar coloca e passa a se concentrar no que cada personagem tá fazendo. E apesar de todos os dramas colocados no caldeirão do enredo, você passa a se apegar ao livro.



Até que (como em grande parte das histórias do Alencar) acontece um flashback e você não sabe mais parar de ler. Til vai acompanhar a história de quatro adolescentes e a relação que eles tem entre si como um todo e cada um com cada um. Só que é óbvio que tudo isso não é como parece e só uma pessoa sabe disso.



Agora, quem é essa pessoa e o que exatamente ela sabe, você vai ter que descobrir lendo.



Se você precisa ler Til para o vestibular, vai fundo! O começo vai ser bem chatinho e difícil de entender mas depois de um tempinho, o Alencar pega o jeito da coisa e te deixa louco pra saber o que vai acontecer. E sabe novela que cada capítulo termina em um mistério mas você só vai descobrir o que acontece depois de uns dois capítulos? Til é exatamente desse jeito. Imagina ele como uma grande novela!


© Napolitano como meu pé - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: Elane Medeiros - Isaú Vargas.
Tecnologia Blogger.
imagem-logo