5.13.2016

Livro | Um, nenhum e cem mil (Luigi Pirandello)


Um, nenhum e cem mil é um livro do Pirandello que tem uma história no mínimo diferente.
O personagem principal vai contar pra gente como ele de repente reparou que ele era várias pessoas de acordo com quem conversava com ele.


Ele começou a reparar que cada pessoa tratava ele de uma forma diferente e que ele mesmo se via de um outro jeito além do jeito que as pessoas diziam que ele era.


E é aí que ele resolve mostrar pra todo mundo essa descoberta dele e ser de uma vez por todas quem ele realmente é, mostrar pros outros como ele é. Claro que isso não foi fácil e houveram consequências.


Além de tentar mostrar isso para as pessoas, ele tenta o tempo todo convencer o leitor de que ele estava certo e que todas as loucuras cometidas por ele tinham um fim muito bem definido e uma explicação muito plausível. As pessoas que não souberam entender.


Um, nenhum e cem mil é um livro divertido, com algumas passagens surreais e um final que te deixa surpreso ao mesmo tempo que te dá aquela sensação de "eu já sabia".


É uma leitura rápida, gostosa e te dá mil ideias pra pensar enquanto concorda com o narrador e julga ele um louco.


Essa edição é da extinta CosacNaify e, como sempre, de uma qualidade incrível! Super confortável para ler, com uma fita como marca páginas, folhas amareladas (como é o nome disso?) e vários detalhes estéticos que deixaram o livro muito charmoso!



Ah, Um, nenhum e cem mil faz parte da coleção Prosa do mundo e essa minha edição é do novo design da coleção.
Eu estava prontinha pra começar a comprar os livros da coleção, ou pelo menos alguns títulos que faziam parte do Projeto Literatura Fundamental, mas veio o fim da Cosac e eu fiquei a ver navios. Com isso, aprendi a comprar logo o que quero! (aprendi nada, porque enrolo bastante ainda, mas percebi que deixar pra depois nunca dá certo!).




© Napolitano como meu pé - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: Elane Medeiros - Isaú Vargas.
Tecnologia Blogger.
imagem-logo